Conselho de Cultura realiza reunião itinerante na Unioeste


O encontro acontece nesta sexta-feira (10), às 9 horas

Ampliar os canais de participação e dialogar com os diferentes segmentos da comunidade. Com esse objetivo, o Conselho Municipal de Políticas Culturais (CMPC) realiza a sua primeira reunião ordinária itinerante, nesta sexta-feira (10), às 09 horas, no campus da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste/Foz).

A iniciativa fortalece a proposta do CMPC de realizar ações diretamente com a população iguaçuense, além de atender a uma deliberação da II Conferência Municipal da Cultura, realizada no ano de 2013. A intenção é reforçar o conceito de cultura como direito social entre todos os públicos, estimulando e identificando demandas para a execução das políticas públicas na área.

As reuniões e atividades do Conselho de Cultura são abertas a participação de todas as pessoas, que podem contribuir com pautas e sugestões, bem como, defender os seus posicionamentos e propostas na plenária do colegiado.

“O nosso objetivo é inserir e envolver os mais diversos atores sociais na discussão sobre a cultura da cidade. Debater e participar já são meios de exercício da cidadania cultural, mas também queremos que esse diálogo seja sempre mais amplo e plural para alcançarmos as melhorias
necessárias”, defende Paulo Bogler, presidente do Conselho de Cultura.

PAUTA
Durante a reunião, os conselheiros de cultura irão deliberar sobre o texto do edital de chamamento público para o Fundo Municipal de Incentivo Cultural (FMIC), formulado pela Fundação Cultural de Foz do Iguaçu. Com esse instrumento de fomento, artistas e produtores culturais, pessoas físicas e jurídicas poderão pleitear apoio financeiro a seus projetos, por meio de critérios definidos e escolhidos através de comissões constituídas com a presença de representantes da sociedade civil.

Outra pauta que será deliberada pelo Conselho de Cultura é a minuta do projeto de lei que cria a Lei Cultura Viva Municipal. A proposta visa adequar a legislação do município à lei federal que acaba de ser regulamentada, normatizando a ação Pontos de Cultura como política de estado. A proposta surgiu durante a última reunião da Rede de Pontos de Cultura de Foz do Iguaçu.

Além disso, constituindo a Lei Cultura Viva, a cidade de Foz do Iguaçu terá mais condições para  requisitar do Ministério da Cultura (MinC) a consolidação e ampliação do programa no município, que atualmente mantém 13 entidades beneficiadas com recursos financeiros.
O Conselho de Cultura também deverá discutir sobre o planejamento da Fartal 2015 e os trabalhos da Comissão Organizadora da feira, entre outros assuntos.

CONTATO CMPC:
Secretaria Executiva: 45 | 3521-1508 (Nelson Lima)
Mesa Diretora: 45 | 9806-4257 (Paulo Bogler)
E-mail: cmpculturaisfoz@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *