Nota pública em defesa da Universidade da Integração Latino-Americana

A mesa diretora do Conselho Municipal de Políticas Culturais de Foz do Iguaçu (CMPC) manifesta-se contrária à emenda aditiva proposta pelo deputado Sérgio Souza (PMDB/PR), que impõe a extinção da Universidade da Integração Latino-Americana (UNILA). Este órgão expressa solidariedade à comunidade acadêmica e apoio ao projeto e aos compromissos fundadores da instituição de ensino superior sediada em Foz do Iguaçu.

Universidade em processo de consolidação, com apenas sete anos de constituição, a UNILA representa um projeto singular. Sua particularidade consiste em promover formação universitária pública e gratuita, integração cultural e desenvolvimento socioeconômico voltados para os povos e nações da América Latina, principalmente, no âmbito da comunidade de países que integram o Mercado Comum do Sul (MERCOSUL).

A UNILA fortalece o desenvolvimento cultural em Foz do Iguaçu e região por meio da oferta de graduação e pós graduação em áreas artístico-culturais. A comunidade acadêmica também atua em espaços de elaboração e deliberação de políticas públicas, em projetos de extensão e iniciativas espontâneas de estudantes, professores e técnicos que fomentam a integração permanente com a população de Foz do Iguaçu.

A composição da UNILA, reunindo professores, estudantes e agentes universitários brasileiros e de outros 16 países, contribui para tornar ainda mais diverso o ambiente cultural e étnico da região trinacional. São trocas e vivências que ressaltam as diferenças, valorizam a diversidade e o diálogo intercultural, fatores determinantes para a construção de uma sociedade verdadeiramente plural e democrática.

Foz do Iguaçu, 15 de julho de 2017.
Mesa Diretora do Conselho Municipal de Políticas Culturais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *